A Índia é um dos maiores polos de artesanato do mundo!

A produção em pequena escala e o setor da produção em casa (cottage industry) ajuda a resolver problemas sociais e econômicos, proporcionando emprego a mais de 7 milhões de artesãos (incluindo os do comércio de tapetes trançados), e conta com um grande número de mulheres e pessoas pertencentes às partes mais pobres da sociedade.

Além do alto potencial de emprego, o setor é economicamente importante do ponto de baixo investimento de capital, alto índice de adição de valor e alto potencial de exportações e ganhos cambiais para o país.
A indústria é altamente intensiva em mão-de-obra e descentralizada, estendendo-se por todo o país em áreas rurais e urbanas. Muitos artesãos estão envolvidos em certos trabalhos de artesanato em tempo parcial.

Em um cenário mundial de mudanças, os produtos artesanais são exportados para vários países e influenciam no estilo de vida. Este impacto ocorre devido o gosto do consumidor e as tendências do mercado. Em vista disto, é hora da indústria artesanal indiana entrar nos detalhes de atualizações de desenhos, padrões, desenvolvimento de produtos, inovações e mudanças necessárias em instalações de produção para uma variedade de materiais, técnicas de produção e conhecimentos relacionados para alcançar uma posição de liderança na rápida crescente competitividade com outros países.

Os 7 milhões de pessoas artesanais que são a espinha dorsal da indústria artesanal indiana possuindo habilidade inerente, técnica, artesanato tradicional é bastante suficiente para a plataforma principal.

A emergência do setor de artesanato, como uma das fontes de renda cambial para o país, é evidente a partir dos dados das exportações de toda a Índia.

 

EXPORTAÇÕES TOTAIS DA ÍNDIA X EXPORTAÇÕES DE ARTESANATOS E O SEU CRESCIMENTO

Ano

Exportações Totais

% Crescimento
sobre o ano
anterior

Artesanatos
(Excluindo
tapetes,
gemas e bijuterias)

% Crescimento sobre o ano
anterior

2005-2006

454800

25.68

14526.85

11.46

2006-2007

571779

25.72

17288.14

19.01

2007-2008

625471

9.39

14012.05

(-) 18.95

2008-2009

655864

4.86

8183.12

(-) 41.60

2009-2010

840755

28.19

6781.81

(-) 17.12

2010-2011

1142922

35.94

7870.31

16.05

2011-2012

1465959

28.26

10504.21

33.47

2012-2013

1633635

11.44

13314.29

43.48

2013-2014

1905011

16.61

19103.98

5.12

2014-2015

1897786

(-) 0.38

20082.53

6.85

2015-2016

1714618

(-) 9.65

21457.91

---------------------------------------------------------

EXPORTAÇÕES DE ARTESANATOS DA ÍNDIA (EXCLUINDO TAPETES)
2014-15 a 2015-16

S. NO

PAÍS

Milhões US$

Aumento/ Queda
em % 2012-13

2014-15

2015-16

1

AUSTRALIA

62.78

83.04

32.26

2

CANADÁ

45.67

50.90

11.44

3

FRANÇA

102.59

95.49

-6.93

4

ALEMANHA

175.24

175.18

-0.03

5

ITÁLIA

43.32

57.89

33.63

6

JAPÃO

25.03

26.52

5.97

7

PAÍSES BAIXOS

92.46

91.81

-0.7

8

EMIRADOS ÁRABES

399.97

341.68

-14.57

9

SUÍÇA

11.48

16.33

14.88

10

EUA

990.45

1026.89

3.68

11

REINO UNIDO

264.12

283.48

7.33

12

PAÍSES LATINOS

63.07

65.54

3.92

13

OUTROS PAÍSES

986.96

962.85

-2.44

TOTAL

3263.14

3277.6

0.44

*Baseado em 167 HS Codes.      

O EPCH (Conselho de Promoção de Exportações de Artesanato), projeta um aumento de 8,25% nas exportações de artesanatos de 2016 para 2017, atingindo um faturamento de US$ 3.6 bilhões.

Os EUA e os Emirados Árabes são os maiores importadores de artigos de metais da Índia representando praticamente 50% das importações totais desse segmento.

No segmento de artigos de madeira, os EUA são os grandes responsáveis pelas importações da Índia (41%), seguido da Alemanha (9,9%) e do Reino Unido (7,83%).

No segmento de artigos têxteis pintados a mão e echarpes, também os EUA são os grandes compradores (13%), mas são muitos países juntos que formam a maior concentração de importações deste segmento (69%).

Os EUA são os maiores importadores também de bordados e crochês (36%), seguidos do Reino Unido (8,7%) e França (6%).

Os Emirados Árabes Unidos são os maiores importadores de xales da Índia (33%).
Os EUA e os EAU são os maiores importadores de bijuterias da Índia representando praticamente 30% das importações deste segmento.